Associação dos Industriais de Cosmética, Perfumaria e Higiene Corporal
Inicio
Quem Somos
Associados
Legislação
Rotulagem
Publicações
Contactos
Links
Rotulagem

ROTULAGEM DE COSMÉTICOS

… INDICAÇÃO DO PRAZO APÓS  ABERTURA

A maioria dos cosméticos são formulados e fabricados para terem uma vida longa. No entanto não é sempre evidente para os consumidores o que significa uma “vida longa”.

A partir de Março de 2005 foi introduzido um novo símbolo nas embalagens dos produtos cosméticos, que indica o número de meses durante as quais a indústria, de acordo com as orientações da União Europeia, recomenda que o produto deva ser utilizado. Este prazo é o Prazo Após Abertura (PAO).

O símbolo do PAO é um boião aberto, como se pode observar abaixo.

O prazo em que se recomenda que o produto seja utilizado é designado em Meses (M) e é apresentado, por exemplo, [12 M]  ou [24 M].    

O número de Meses (M) pode estar indicado dentro ou fora do boião.

E esta informação quando necessária deve constar tanto da embalagem primária (a que está em contacto com o produto) como da embalagem secundária (cartonagem).

 

INDICAÇÕES ÚTEIS

® Leia sempre com atenção as informações, incluindo os avisos de utilização.

® Mantenha os produtos tapados quando não estão a ser utilizados e use o produto no prazo recomendado (no caso da durabilidade mínima ou do prazo após abertura estar indicado no produto)  

® Não guarde os produtos em locais expostos à luz solar directa ou fontes de calor, preferindo locais secos e frescos sempre que possível.

® Nunca dilua ou misture com outros produtos (a não ser que especificamente seja indicado nas instruções de utilização de produto).

® Aplique os cosméticos com as mãos limpas ou com um aplicador adequado.

® Lave frequentemente o aplicador com sabão, detergente ou um champô suave, deixando que seque completamente antes da nova utilização.

® Evite partilhar os seus produtos cosméticos.  

 

A informação relativa ao prazo após abertura aparecerá no rotulo de todos os produtos excepto:
 
- produtos cuja data de durabilidade mínima seja inferior a 30 meses.

- monodoses (amostras, coloração capilar, etc.)

- produtos cuja embalagens impedem o contacto com o exterior (aerossóis, vaporizadores, etc.)

- alguns produtos que não são deterioráveis ao longo do tempo (à base de álcool).  

INFORMAÇÃO SOBRE INGREDIENTES DAS FRAGÂNCIAS

As fragrâncias podem melhorar e contribuir decididamente para uma sensação geral de auto-estima.

Fragrâncias incluem ingredientes sintéticos e naturais, como a rosa, o rosmaninho, a lavanda, e estão presentes em muitos produtos que usamos diariamente. Felizmente as alergias às fragrâncias são relativamente raras e não são causa de preocupações.

Actualmente para além da indicação no rótulo de todos os ingredientes, os consumidores que potencialmente podem sofrer reacções alérgicas, dispõem de informação necessária para comprarem o cosmético adequado, pela  introdução da informação adicional identificando as substâncias que sendo ingredientes das principais fragrâncias , são mais frequentemente relacionadas com reacções alérgicas.

Esta nova indicação ajudará aqueles que potencialmente possam sofrer de reacções alérgicas,  a identificar os produtos compatíveis com as suas características especificas da pele e ainda apoiar a intervenção dos dermatologistas nesta área.

Estas substâncias estão indicadas na lista de ingredientes destacadas de denominação “parfum”, sempre que excedam uma determinada  concentração.

COSMÉTICOS: ESSENCIAIS NO NOSSO DIA-A-DIA

Os cosméticos são produtos essenciais no nosso dia-a-dia, assim comprovam os mais de 450 milhares de europeus que usam produtos como sabonetes, champôs, acondicionadores, desodorizantes, dentífricos creme para a barba, after shave, perfume, maquilhagem e outros.

Muitas pessoas pensam que um cosmético é apenas um produto de beleza ou de maquilhagem. Na verdade “cosmético” é muito mais.

De acordo com a legislação em vigor na União Europeia, são produtos cosméticos todos os que se incluem nas categorias de :

- protecção solar
- cuidado do cabelo
- cuidado da boca e dentes
- cuidado dos pés
- cuidados das mãos e do corpo

- higiene pessoal
- higiene do bebe
- fragrâncias
- maquilhagem
- cuidados do rosto

O bem estar dos consumidores é o objectivo da utilização dos cosméticos, pelo que a segurança e o desempenho do produto são considerados prioridades da Indústria.

Neste âmbito o sector tem trabalhado arduamente para fornecer informação adequada ao consumidor europeu.

Legislação aplicável aos cosméticos

Todos os produtos considerados cosméticos estão sujeitos a legislação harmonizada no espaço da União Europeia através da Directiva Cosmética, que está transposta em todos os Estados Membros.

Através do cumprimento desta legislação o fabricante dos cosméticos garante a segurança dos respectivos produtos cosméticos.

 

Copyright 2008 fiovde.pt. Todos os direitos reservados